segunda-feira, 21 de abril de 2014

Incrível conceito africano Ubuntu muito mais que um sistema operacional.

Multiculturalismo e as línguas Sul Africanas.

Gosto muito do Linux! O sistema operacional roda rápido, plataforma aberta show de bola.
Mas da onde veio esse nome?
Ubuntu é uma palavra africana que se replica em vários dialetos e tribos.
O multiculturalismo africano nem sempre é percebido, porém é de se chocar quando você se dá conta que na África do Sul existem 11 línguas oficiais, fora outras 8 que são reconhecidas como línguas ou dialetos nacionais mas não são consideradas oficiais.
Entre as principais de origem Bantos o Xhosa  se destaca pelos cliques, não raro quando pegava o trem para ir para aula na África do Sul escutava o estalar das línguas em um idioma muito sonoro.
Nessa aula de Xhosa da para ter uma ideia do que eu to falando...

Mas uma palavra se une em um espírito de humanidade que está presente em muitas línguas de origem Bantos. UBUNTU.
Embora muito difícil de definir, Ubuntu, seria algo como eu sou o que eu sou por causa do que todos somos. Em um sentido amplo que o meio e a identidade do próximo também integra a nossa identidade.
A humanidade de ajudar o próximo independente de quem ele seja. Um espírito que conseguiu ser traduzido em uma palavra nas línguas Bantos.
Muito mais que apenas uma palavra Ubuntu é um espírito, uma forma de vida, uma ideologia. Ubuntuismo. A aceitação do próximo e de si mesmo traduzido em uma palavra. Temos muito o que aprender com a África.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zen e Caos- Viagem pela Tailândia

Postagens populares