quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Castelo de Neuschwanstein vs Castelo da Disney

Castelo de Neuschwanstein, localizado na região da Bavaria, é parada obrigatória para quem quer conhecer um pouco mais dessa linda região alemã. 

Como o antigo dizer de Chacrinha, na vida nada se cria tudo se copia. E nem o criativo de Walt Disney escapa dessa. 
Posso dizer que nada se cria mas se transforma. 
Um rei louco que morreu aos 40 anos, e que teve sua construção interrompida pela família pois não fazia sentido, para ninguém a não ser para ele. Não é exatamente um conto de fadas da Cinderela.
Ludwig II, era chamado muitas vezes de excêntrico,  ou louco mesmo, embora controversas nunca foi comprovada nenhuma doença mental no Rei da Baviera- de 1864 a 1886. 
A única prova de sua loucura, é física, melhor que um exame médico, representativa de seu legado em um dos ícones da Baviera Alemã o Castelo de Neuschwanstein. 
Grandioso e um dos principais inspiradores do Castelo da Cinderela e ícone da Disney. 




















Olhando as fotos vemos a semelhança e quase cópias entre as obras arquitetônicas. 


Diferente do seu irmão, quase gemeo, mais novo de 1971, localizado no Magic Kingdom - Disney-Orlando, a construção do Castelo de Neuschwanstein, data de 1868. 
Elaborado por Ludwig II, o Castelo foi construído para ser uma celebração aos antigos cavaleiros alemães e amplamente inspirado pela Opera de Wagner do Cavaleiro Cisne. 
Cisnes é o que mais se vê na principal sala construída nessa obra que mistura toques de loucura e ostentação. 



Além do tamanho a loucura se espalha entre as salas construídas, desde uma passagem que replica uma caverna dos primeiros homens até um salão de ópera do século XVIII. 
Ludwig II construiu em seu reinado um castelo que só fazia sentido para ele, e após morar duas semanas no local, morreu afogado sem concluir a obra arquitetônica. 
Sem saber o que fazer, com esse "elefante branco", a família não hesitou em transformar o local em museu. O mais rico disso tudo é que como o inicio do museu se deu logo após a morte do rei todas as salas se mantém como quando foram abandonadas pela morte prematura de seu criador. 




O museu.

O museu fica localizado na cidade de Fussen, perto de Munique. O legado atrai milhares de turistas, crianças querendo ver o verdadeiro castelo da Cinderela, e milhares de pais e outros turistas que lotam a atração. Um pouco turístico demais para o meu gosto mas valeu a visita.
A entrada no castelo é feita com horário marcado, o grupo caminha pelo trajeto pré definido, em uma visita de aproximadamente 30 minutos. Guiada ou com audio-guia, não é exatamente uma visita de observação e reflexão, é muito mais uma rápida passada pela casa do Rei. 
Com certeza, esta longe de ser a melhor forma de visita, mas ao mesmo tempo entendo que pela quantidade de turistas interessados em ver o Castelo, ficaria díficil se não fosse organizado dessa forma. 
Valeu a pena pela excentricidade e singularidade do local, mas as crianças chorando e rapidez da passagem pelas salas, incomodou. 


O que valeu mais a pena, pelo menos para mim, foi a região do castelo. 
Cercado pelos alpes Alemães, a beira de um lago, o rei soube bem onde construir a sua casa. O lugar é lindo, e se não fosse pelo interesse em ir ver o Castelo provavelmente não passaríamos por lá. 
Paramos em um camping a 3kms do castelo, e foi sem dúvida um dos pontos altos da viagem. 


















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zen e Caos- Viagem pela Tailândia

Postagens populares