terça-feira, 20 de novembro de 2012

De Belém a Mosqueiro de carro- Pará road review.



Mosqueiro é uma boa opção de passeio para quem está em Belém e  busca fugir da cidade. Conhecer a bucólica cidadezinha, a cerca de uma hora e meia de Belém em um passeio que dá tranquilamente para ir e voltar no mesmo dia.

Praias de rio, restaurantes a beira d’água, na imensidão do rio Pará, rio que parece mar nesse trecho, ver a margem do outro lado não é uma opção.


Baia do Marajó vista de Mosqueiro
Agora vamos ao que interessa: Como chegar lá.
Saindo da capital do estado, Belém, o viajante terá que pegar a BR-316. A rodovia é bastante conturbada nesse trecho, e ao atravessar os municípios satélites da cidade, o viajante encontra uma rodovia com cara de avenida. Muitas pessoas atravessando a rodovia, sinais, trafego intenso de carros e caminhões, em uma estrada não muito bem sinalizada, e com motoristas não muito gentis e educados.
Saída para a PA-391, poucas placas.
O viajante terá que sair na altura do município de Benevides na PA-391, há poucas placas de identificação no caminho, a saída é feita pela pista da esquerda, a ajuda de um GPS é uma boa.
Na PA-391 a cara da estrada já é outra, vendedores de camarões e pitus, nas lombadas, e uma paisagem mais natural vai dando as caras.
Entrada da PA-391

A chegada na Ilha de Mosqueiro só é possível depois de atravessar a bonita ponte que desemboca na região. O portal dá as boas vindas para quem chega na cidade.

Atravessando a ponte para Mosqueiro
Portal de entrada

 Os casarões, muitos deles abandonados hoje em dia, é uma das primeiras atrações com as quais o viajante se depara.



Chegando em Mosqueiro, é só fazer a escolha da praia, para dar um mergulho, ver ondas no rio, ou almoçar em um dos diversos restaurantes beira-rio.
No centrinho da cidade o visitante ainda pode comer as tradicionais tapioquinhas, no centro das tapioqueiras e passear no trapiche, hoje desativado mas que já serviu de principal meio de ligação via barco Belém-Mosqueiro.
Trapiche na praça central
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zen e Caos- Viagem pela Tailândia

Postagens populares