quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Viajando na temporada de Furacões na Flórida- Isaac a espera da tempestade



Tudo começou quando decidimos a data para nossa viagem a Flórida- Agosto e Setembro de 2012- ou seja, temporada de Furacões. A temporada completa vai de Junho a Novembro. 
Podia até passar despercebido, como deve passar para muitos que viajam para Miami nessa época do ano. Mas não para mim. 

Principalmente, por que um dos meus objetivos na viagem era passar alguns dias em Flórida Keys, um conjunto de ilhas no extremo Sul dos Estados Unidos(o relato completo fica para outro post). 
Além de paradisiacas, as Ilhas oferecem principalmente atividades como mergulho, passeios de barcos e veleiros, e praias. O que sinceramente não daria para aproveitar com um Furacão por perto. 
Ia chegando a data da viagem, e parece que só para aumentar a ansiedade, fui checar as previsões do tempo e Furacões. 
Encontrei esse ótimo site: http://www.nhc.noaa.gov/ que é do Centro Nacional de Previsões do Tempo e Furacões dos Estados Unidos.
Estava com a consciencia tranquila, principalmente depois de ler no Viaje na Viagem esse post: Furacões no Caribe: um balanço. 
A Flórida não está exatamente no Caribe, porém está perto, e na mesma rota de Furacões. O que me tranquilizava era a frase: "A chance de um furacão pegar você justo na sua ilha e na sua semana é extremamente remota."(por VnV) 
Então vamos lá... Chances remotas, azar, no entanto essas eram nossas férias anuais, e se acontecesse?! 
Comecei a monitorar a previsão do tempo no site, e as coisas não andavam muito bem.
No primeiro dia em que entrei no site, cerca de uma semana antes da viagem, tinha uma formação esquisita no mapa, com cerca de 80% de chance de se tornar alguma coisa.
Dia-a-dia, hora-a-hora, eu acompanhava o boletim do tempo, e para minha emoção, aquela formação ganhou nome. ISAAC.




O Isaac ganhou força, e se tornou uma Tempestade Tropical, ou em bom português um quase Furacão.
O cone da previsão do tempo, atingia diretamente as ilhotas do sul da Florida, local de minha estadia, com hotel já reservado para o dia 29 de Setembro. 
Cuba e Republica Dominicana, já estavam sobre alerta. 
E agora? Só faltava essa.
E a previsão para dois dias antes da nossa chegada estava assim:



Eu sei que não dá para ver direito a legenda do mapa, mas te digo uma coisa, vermelho significa que a coisa tava azeda.
Ai começaram os "i si"- i si o furacão passar, i si destruir tudo antes da gente chegar, i si f** nossa viagem... 
Só te digo uma coisa: "I si" não leva a nada. 
Restava esperar.



E como num passe de mágica, em uma daquelas frase que adoro, previsão do tempo é igual horóscopo, o furacão perdeu força e se desviou daquela pontinha azul que era nosso destino. 
Porém chegamos na quarta-feira dia em que o Furacão atingiu a costa americana os principais portais deram notícias como essas:







































Mesmo com a tragédia natural, que atingiu principalmente Nova Orleans, e por mais individualista que possa parecer, nossa viagem não foi afetada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zen e Caos- Viagem pela Tailândia

Postagens populares