segunda-feira, 7 de maio de 2012

Mergulho radical com Tubarões na África do Sul





A aventura começou no Victoria e Albert Waterfront, em Capetown-África do Sul. Na frente do shopping de mesmo nome, quiosques turísticos dividem espaço no calçadão do porto da cidade. Um dos passeios oferecidos mergulho com tubarões, entre na água com o temido "Great White- Tubarão Branco" conhecido por ser a espécie de  tubarão que mais mata gente no mundo, e ser estrela do famoso filme "Jaws" o "Tubarão".
Tinha que ver com meus próprios olhos!



A empresa que escolhi oferecia serviço de "pick-up" na hospedagem, o tranfer para Gansbaii, a baía que serve de saída para o mergulho, é super cedo, e por volta das 6 da manhã a van cheia de aventureiros partia para Gansbaii. Chegamos lá por volta das 8 da manhã para o café da manhã, que muitos ainda se arrependeriam de ter tomado, um café da manhã leve e todos a bordo.
O mareado e o famoso "seasickness-enjôo" começavam aí, os quarenta minutos de barco até ancorar para o mergulho se tornaram uma eternidade, principalmente para os que começavam a sofrer com a cara verde, o esquema era olhar para o horizonte, e para alguns usar o beiral do barco para se debruçar e mandar ao mar o café da manhã.
Na chegada ao ponto do mergulho depois de algumas explicações sobre os procedimentos, as roupas de borracha foram distribuídas um a um, e nada de sossego o mar bastante agitado abusava do equilíbrio dos navegantes.
A tripulação ia se desdobrando preparando os petiscos para os enormes peixinhos, comida de tubarão era esmagada e jogada ao mar para atrair a presença dos animaizinhos.
Comida de tubarão.


Tudo preparado, gaiola de proteção na água, os turistas se revezavam em um mergulho turbulento dentro da gaiola, eles estavam lá! Usando só mascará sem snorkel ou cilindros, enchia o pulmão de ar para se conservar em baixo d'água e apreciar os enormes peixes rondando. Experiência única.


Mar agitado enquanto a tripulação prepara os atrativos dos tubarões


Além do mar agitado, abusei querendo filmar, usei uma caixa estanque que ainda não havia usado para mergulho, e descobri que esqueci de usar lastro para ajudar a caixa a afundar, resultado: muito trabalho para me segurar, segurar a caixa estanque com a filmadora, e ainda conseguir afundar e apontar a filmadora para os tubarões. Valeu a pena, uma aventura dessa tinha que ter registros, mas a filmagem não ficou nenhuma maravilha. A câmera ainda ajudou se deslocando dentro da caixa estanque e pegando pelo menos uns vinte porcento de preto na filmagem, uma decepção.
Dentro da gaiola, com a câmera deslocada na caixa estanque.


Decepções a parte uma aventura e tanto, ainda fomos brindados com golfinhos pulando do lado do nosso barco na volta. 
Consegui não passar mal, mas a maioria das pessoas fazendo o passeio, alimentaram os peixes com o café da manhã, não sei se pegamos um dia com o mar mais agitado que o normal, mas se você for se arriscar nesse passeio é bom estar preparado, recomendo um "Plasil" para os estômagos mais fracos ou dêspreparados com o balanço do mar.
Para ler outros posts sobre a África do Sul clic aqui.




Mar agitado, café da manhã na água.


   Vídeo da aventura:


Vídeo do que rolou nesse mergulho, a visão dos tubarões não é das melhores mais a aventura foi gravada!

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Zen e Caos- Viagem pela Tailândia

Postagens populares

Colaboradores